Antigo jogador da NBA anuncia projectos sociais

O antigo jogador da NBA Dikembe Mutombo manifestou, ontem, em Luanda, a intenção de desenvolver projectos sociais em Angola nas áreas da Educação, Saúde e Desportos, além de explorar outras oportunidades de negócios.

Em declarações à imprensa, depois da audiência que lhe foi concedida pelo Presidente da República, João Lourenço, disse, sem apontar prazos, que à semelhança dos projectos que desenvolve na República Democrática do Congo (RDC), sua terra natal, pretende fazê-lo em Angola.

O ponto de partida vai ser o investimento nas áreas de Desporto, Educação e Saúde. “Viemos a Angola para implementar vários projectos”, disse, para sublinhar o propósito da sua terceira visita a Angola: “há muitas coisas que tenho estado a fazer no campo da filantropia, pois tendo servido o desporto durante 18 anos como profissional da NBA, direccionei o meu foco para outras áreas”.

À frente de uma delegação de empresários norte-americanos, Dikembe Mutombo sublinhou que depois de ter trabalhado no seu país de origem nas áreas do Desporto, Saúde e Educação, o próximo destino será Angola e o foco é o desenvolvimento da juventude. “Estou feliz por ter sido recebido pelo Presidente da República de Angola, João Lourenço. No encontro, foram abordadas várias questões na sequência do primeiro encontro realizado em Setembro do ano passado em Nova Iorque”, realçou Dikembe Mutombo, lembrando que ao longo destes anos tem servido o continente de várias maneiras, com realce para o âmbito filantrópico.

A antiga glória do basquetebol americano reconheceu o poder de Angola em termos de basquetebol africano. Neste contexto, anunciou que em 2020 deve dar início ao “NBA África” e Angola é uma das 12 selecções escolhidas para participar na liga.

Para o antigo desportista, com a actividade, vai ser possível encorajar os jovens que pretendam enveredar pelo basquetebol a aproveitar as imensas oportunidades que se abrem nesta modalidade.

“Com este campeonato a decorrer em breve, acredito que se vão abrir muitas possibilidades e com elas muitas portas. Vão estar presentes muitos olheiros e treinadores americanos para ver como estão os jogadores angolanos em termos de desempenho. E aqueles que forem super bons ou habilidosos, serão seleccionados para jogarem na NBA”, disse. Quanto à participação de Angola no Campeonato do Mundo de Basquetebol, a decorrer em oito diferentes cidades da China, Mutombo manifestou interesse em prestar “todo o apoio”.

Para a antiga estrela da NBA, a participação de qualquer país africano no Mundial significa sempre uma grande honra para o continente. “Vou sempre dar o meu apoio, apoiar Angola e ainda mais numa altura em que o continente já não aparecia na arena internacional do desporto. Fico feliz por Angola ter voltado a participar no campeonato mundial que vai decorrer na China”, disse.

Dikembe Mutombo, que elogiou as reformas políticas e económicas promovidas pelo Chefe de Estado angolano, garantiu a sua presença e apoio à selecção angolana.

“Acredito que a selecção angolana terá um bom desempenho”, disse o também embaixador global da NBA pelo mundo que, nesta condição, viaja quase todas as semanas para vários países para abordar questões ligadas à modalidade.

Deixe uma resposta